SONORA COLETIVA

AVOADA E O ‘ROCK RURAL’ SÃO TEMAS DO SONORA COLETIVA COM JUVENIL SILVA, MARÍLIA PARENTE, FEITICEIRO JULIÃO E MARCELO CAVALCANTE

 

Os quatro componentes do coletivo Avoada são os convidados do próximo Sonora Coletiva, transmitido pelo Canal do multiHlab, no YouTube, dia 19 de maio (quinta), às 19h30

 

Avoada é um coletivo musical formado no final de 2018 pelos compositores Juvenil Silva, Marília Parente, Feiticeiro Julião e Marcelo Cavalcante. Os quatro artistas, que possuem também seus projetos individuais, se uniram para criar canções sobre os tempos em que vivemos e para pegar a estrada com seus violões. Juntos, eles viajaram no ano de 2019, adentrando o interior e as capitais do Nordeste.

 

A sonoridade do grupo é baseada nos arranjos de cordas, teclados e harmonias vocais, com forte diálogo com a estética setentista do Nordeste. O coletivo Avoada também traz o rock rural, estilo que foi popularizado por grupos como Sá, Rodrix e Guarabyra, misturando a música caipira com o rock´n´roll. De certa forma, a sonoridade do Avoada dialoga ainda com a musicalidade mineira do Clube da Esquina e a nordestina do Pessoal do Ceará, passando, evidentemente, pela psicodelia pernambucana.

 

O primeiro EP do Avoada foi lançado em 2019, chamado "Marília, Marcelo, Julião e Juvenil" e está disponível nas plataformas de streaming. Na ocasião, todas as músicas do EP ganharam videoclipe, com registros das turnês que fizeram e com colaborações de artistas do audiovisual. Desde então, o Avoada não tem deixado de se apresentar sempre que as carreiras individuais de seus componentes dão uma trégua. E, passada o pior momento da pandemia do Covid-19, o Avoada se prepara para cair outra vez na estrada.

 

Com poesias que recorrem às temáticas da estrada e da liberdade, o Avoada também traz a postura política dos quatro artistas, que questionam o conservadorismo nos costumes e a ascensão da extrema-direita no Brasil e no mundo. No final de 2020, o Avoada participou do Festival No Ar Coquetel Molotov, gravado, sem público, no interior de Pernambuco. Em 2021, lançou os singles “A Pedra e A Janela” e “O Céu é dos Malditos” também disponíveis nas plataformas.

 

Para conversar sobre essa curta, mas já rica trajetória do Avoada, Juvenil, Marília, Feiticeiro Julião e Marcelo estarão juntos para contar, em primeira mão, também as novidades do novo álbum, que está em fase de finalização, com incentivo do Sistema de Incentivo à Cultura do Recife. O próximo episódio do Sonora Coletiva será transmitido pelo Canal multiHlab no YouTube, dia 19, às 19h30, como parte das atividades da Revista Coletiva, vinculada à Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj). A apresentação é do pesquisador Túlio Velho Barreto, um de seus editores.

 

SAIBA MAIS

 

SONORA COLETIVA​ é o canal experimental da revista eletrônica de divulgação científica COLETIVA, publicada pela Fundaj. Sediada no Recife, a revista disponibiliza dossiês temáticos e artigos com uma perspectiva de diálogo entre saberes acadêmicos e outras formas de conhecimento, prezando pela diversidade sociocultural e liberdade de expressão. É voltada para um público amplo, curioso e crítico. O projeto integra o ProfSocio, o Canal multiHlab e a Villa Digital, envolvendo ainda as diversas diretorias da Fundaj.

 

SERVIÇO

 

LIVE – AVOADA E O ROCK RURAL

SONORA COLETIVA conversa com Juvenil Silva, Marília Parente, Feiticeiro Julião e Marcelo Cavalcante (Avoada)

 

QUANDO: 19 de MAIO (quinta-feira)

QUE HORAS: 19h30

ONDE: Canal multiHlab no YouTube

 

Apresentado por TÚLIO VELHO BARRETO (Pesquisador/Fundaj)

MARCA PREFERENCIAL PNG (1).png