SONORA COLETIVA

O jornalista cultural, roteirista, documentarista e escritor André Barcinski é o convidado do próximo Sonora Coletiva, transmitido pelo Canal do multiHlab, no YouTube, no dia 16 de dezembro (quinta), às 19h.  

 

Autor de oito livros, sendo cinco deles voltados à música e alguns de seus vários gêneros no Brasil e no exterior, o jornalista cultural, roteirista, documentarista e escritor André Barcinski, nascido em Nova York (Estados Unidos), tem contribuído para o registro da história de nossa música e de seus e suas artistas. De forma bastante ampla, o seu interesse e pesquisas vão desde o rock e suas vertentes até a chamada música “brega” ou romântica, passando pelo pop.  

 

Entre os seus livros estão a biografia de João Gordo, da banda Ratos de Porão; de entrevistas com Marcelo Nova, da banda Camisa de Vênus; o já clássico e premiado ‘Barulho’, sobre o rock e a explosão da cena “grunge” nos EUA e o seminal ‘Pavões Misteriosos – 1974-1983: a explosão da música pop no Brasil’, pioneiro na abordagem do pop nacional. Atualmente, escreve a biografia do fenômeno de vendas de discos no Brasil e na América Latina, o cantor Nelson Ned.     

 

Além dos livros, Barcinski tem levado para as telas da TV e do cinema parte dessas histórias e atuado como crítico de música e cinema na Folha de S. Paulo e em seu próprio blog. Tais experiências estarão no bate-papo do Sonora Coletiva, que será transmitido pelo Canal multiHlab no YouTube, a partir das 19h, no próximo dia 16. O Sonora integra as atividades da Revista Coletiva, vinculada à Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj). O bate-papo será com os seus editores Allan Monteiro, Cristiano Borba e Túlio Velho Barreto.  

 

SAIBA MAIS: 

ANDRÉ BARCINSKI é jornalista, roteirista e diretor de TV, e crítico de cinema e música da “Folha de S. Paulo”. É o autor de “Barulho” (1992), vencedor do prêmio Jabuti de melhor reportagem. Dirigiu a série documental “História Secreta do Pop Brasileiro” (2019), na Amazon Prime, e escreveu a série dramática “Hit Parade” (2021), no Canal Brasil. Dirigiu o documentário “Maldito” (2001), sobre o cineasta José Mojica Marins, premiado em festivais nos EUA e no Brasil. Roteirizou a série de TV “Zé do Caixão” (2015), do canal Space, e dirigiu vários programas de TV para o Canal Brasil. Foi coapresentador do programa de rádio “Garagem”, vencedor do Prêmio da Associação Paulista dos Críticos de Arte, em 2009.  

 

SONORA COLETIVA é o canal experimental da revista eletrônica de divulgação científica COLETIVA, publicada pela Fundaj. Sediada no Recife, a revista disponibiliza dossiês temáticos com uma perspectiva de diálogo entre saberes acadêmicos e outras formas de conhecimento, prezando pela diversidade sociocultural e liberdade de expressão. É voltada para um público amplo, curioso e crítico. O projeto integra o ProfSocio, o Canal multiHlab e a Villa Digital, envolvendo ainda as diversas diretorias da Fundaj.  

 

SERVIÇO:

LIVE – A MPB, O ROCK E O POP BRASILEIRO EM FOCO SONORA COLETIVA conversa com ANDRÉ BARCINSKI  

16 DEZEMBRO (quinta-feira) - 19h - Canal multiHlab no YouTube

Participações de Allan Monteiro, Cristiano Borba e Túlio Velho Barreto (Fundaj)

MARCA PREFERENCIAL PNG (1).png