Saiba Mais:

Mulheres Negras

Para ler: 

Reino dos bichos e dos animais e o meu nome-Stela do Patrocínio, 2009

O livro reúne poemas de Stela do Patrocínio, transcritos e organizados por Viviane  Mosé. A obra  foi finalista do Prêmio Jabuti.
 

Um defeito de cor- Ana Maria Gonçalves, 2014

Romance histórico narrado em primeira pessoa pela africana Kehinde, idosa que viaja da África até o Brasil para encontrar seu filho perdido. Durante a viagem, a heroína relata diversos acontecimentos marcantes de sua vida.  
 

BECOS DA MEMÓRIA- Conceição Evaristo, 2017

Ao reunir as histórias de vários personagens, o livro traduz o sentimento dos que diariamente convivem com  o preconceito, a fome e a miséria. 
 

Canções De amor e dengo – Cidinha da Silva, 2018

Em comemoração aos dez anos de carreira da escritora, o livro reúne  poesias da sua trajetória.

Para Assistir: 

a NEGRA De... - Ousmane Sembene,  1966

Diouna, jovem senegalesa, sai de sua cidade Dacar para trabalhar como Babá na França, a convite de seus patrões. Contudo, ao chegar em Antibes, decepciona-se com as condições de trabalho e tratamento que recebe. O filme põe à mostra as marcas do colonialismo na França.  
 

Dear White People (Cara gente branca), 2017

A série de TV satírica é baseada no longa-metragem de  mesmo nome, lançado em 2014. O seu foco é acompanhar a vivência de um grupo de estudantes negros que lidam com racismo em uma universidade estadunidense cuja maioria dos alunos é branca.  
 

Travessia- Safira Moureira, 2016

Travessia é um documentário que recupera a memória de famílias negras por meio de fotografias. Sua linguagem poética e memorialista constrói crítica à ausência e estigmatização da representatividade negra.
 

A lenda de Oxum e a Seca na Terra– Filmes Atroá, 2015

O filme do alagoano Nivaldo Vasconcelos narra a Lenda de Oxum e a seca na terra na voz das crianças do Ilê Axé Yapadalomim Ofáquerum.

Para ouvir: 

O Canto dos Escravos – Clementina de Jesus, Doca, Geraldo Filme, 1982

O álbum contém doze cantos ancestrais dos negros benguelas de São João da Chapada, distrito de Diamantina, em Minas Gerais. As músicas são interpretadas por Clementina de Jesus, Tia Doca da Portela e Geraldo Filme.
 

Deus é mulher – Elza Soares, 2018

O álbum foi lançado em 18 de maio deste ano e é o 33º da carreira de Elza Soares. Com letras fortes, o disco conta com composições de Tulipa Ruiz, Rodrigo Campos, Kiko Dinucci, Edgar, Mariá Portugal, Clima e Pedro Luís.
 

Xênia – Xênia, 2017

Primeiro álbum solo da cantora baiana, antiga integrante do grupo Aláfia. Dos estilos e culturas que influenciam esse novo trabalho, há o ritmo pop, com nuances do jazz, R&B e da cultura iorubá.

Aninha Martins – Esquartejada, 2018 

A pernambucana Aninha já fez parte de diversos grupos recifenses, como Sabiá Sensível e D'Mingus. Esquartejada é o primeiro álbum da carreira solo da cantora e tem influência do rock, metal e MPB.
 

Na INTERNET:  

Afroflix – afroflix.com.br

Plataforma colaborativa online que, desde 2016, disponibiliza produções audiovisuais  dirigidas, roteirizadas ou protagonizadas por pessoas negras.

 

Blogueiras Negras – blogueirasnegras.org

É uma comunidade de mulheres negras que tem o objetivo de ressignificar o universo feminino afrocentrado através da visibilização da mulher negra e suas problemáticas. Surgiu em 2012, a partir do Blogagem Coletiva Mulher Negra.
 

Portal Geledés – geledes.org.br

Nos 30 anos de Geledés, o instituto vem impulsionando o debate sobre a necessidade de adoção de políticas públicas relativas a gênero e raça. Confira o novo canal no youtube!
 

TED Preta Rara (Eu, empregada doméstica) 

Joyce, A Preta Rara compartilha a sua experiência como empregada doméstica e explica o sucesso da sua página no facebook Eu Empregada Doméstica.
 

The Black Scholar - theblackscholar.org/

The Black Scholar é a primeira revista de estudos e pesquisas acadêmicas sobre os negros. Foi criada em 1969, em São Francisco, nos Estados Unidos.
 

Site sobre Marielle Franco - mariellefranco.com.br/

Esta página foi criada em memória de Marielle, por sua luta, por quem era e por tudo que representava. Nela, desmente-se os vários boatos contra a sua imagem e divulga-se o encaminhamento de projetos de lei como continuação de seu mandato.
 

Justificando, coluna da Joice Berth 

Arquiteta e feminista interseccional negra, Joice Berth integra o Coletivo Imprensa Feminista e desmascara em sua página o preconceito e racismo que permeiam a vida dos brasileiros
 

The Intercept, coluna Ana Maria Gonçalves -

Coluna que foca, sobretudo, o racismo gestado e alimentado pela cultura brasileira e que perpassa a arte, a política e a vida social de uma nação capaz de renegar suas raízes negras.

Datalabe – morte materna além dos números – Vitoria Lourenço 

O Data Labe, em sua reportagem Morte materna além dos números sob autoria de Vitória Lourenço, revela uma das faces do racismo institucional e da desigualdade histórica: mulheres negras de baixa escolaridade são as que mais morrem no parto e pós-parto.
 

Revista:O MENELICK 2º ATO

 A Revista: O Menelick 2º Ato é um projeto editorial independente de valorização e reflexão sobre a produção artística africana, com destaque para as  manifestações culturais popular e urbana afro-brasileiras.  

APOIO
LABJOR/UNICAMP
REALIZAÇÃO
FUNDAÇÃO JOAQUIM NABUCO